Base bíblico histórico para as células

  1. BASE BÍBLICA PARA CÉLULAS

Velho testamento:

  • Jetro – Êx 18:13-27 – Delegação de autoridade: um cuidando de 10 – líder; outro, de 100 – discipulador; e outro, de 1000 – pastor de área.

Novo testamento:

  • Jesus – Mt 16:18

– Iniciou seu ministério com um pequeno grupo/célula de 12 discípulos. Mc 3: 13 – 14

– Comissionou a Igreja – Jo 20:21. A missão de Jesus Cristo, recebida do Pai, tem, por conseguinte, a sua continuação da igreja – Mt 28:18-20;

– Alicerçou seu ministério em relacionamentos, entre outras atividades que desenvolveu para estar presente com seus discípulos. Pode-se vê-lo conversando, comendo e dormindo com eles durante seu ministério, que era muito ativo – Jo 1:39; 2:2; 4:7- Lc 6:12; 11:1. Andaram juntos em estradas, visitaram cidades, viajaram de barco, pescaram no mar da Galiléia, oraram juntos, foram às sinagogas e ao templo. Fizeram viagens a Tiro e Sidom. Mc 7:24; Mt 15:21, para “ o território de Decápolis…” – Mc 7:31; Mt 15:29 – e para as “regiões de Dalmanuta”, a sudeste da Galiléia – Mc 8:10. E também para as “… aldeias de Cesaréia de Filipe…” Mc 8:27, no nordeste;

-Local das reuniões: no templo – sinagoga – e nas casas – At 2:42-47; Hb 5:42. No templo se reuniam para adorar a Deus, para ouvirem os ensinos e a pregação das sagradas Escrituras. Nos lares, os recém-convertidos eram acolhidos e alimentados espiritualmente. Ali aprendiam a respeito de Jesus, suas necessidades eram supridas, recebiam cuidados e acompanhamento até se sentirem aptos para cuidarem com carinho dos outros. No Novo Testamento encontramos uma variedade de texto que atestam a existência de grupos pequenos:

At 2:42-47 – “…partindo o pão de casa em casa”

At 5:42 – “…no templo e de casa em casa”

At 20:20 – “…ensinando-vos publicamente e de casa em casa”

Rm 16:3,5,10 –“… a igreja que está na casa deles”

Cl 4:15 – “…a igreja que está em sua casa”

Fm 1:2 – “… à igreja que está em sua casa”

2) HISTÓRIA DAS CÉLULAS

  1. No ano de 312 d.C. o imperador Constantino se converte ao Cristianismo e proclama tolerância aos cristãos – Édito de Milão – e proíbe os cristãos de se reunirem nas casas. O primeiro templo cristão foi construído no reinado de Alexandre Severo (222-233 d.C) e desde então a Igreja começou a perder equilíbrio entre as reuniões de celebração no templo e nas casas.
    1. No ano de 1517, Martinho Lutero deu inicio à reforma protestante e transformou a teologia, mas não conseguiu mudar a estrutura da igreja. Logo em seguida veio Calvino e fez mudanças mais radicais retirando todo o simbolismo da Igreja. John Knox fundou o presbiterianismo em 1560 produzindo mudanças substanciais na estrutura da Igreja.
    1. Posteriormente surgiram os pietistas que tiveram como precursor Felipe Spener (1635 —1705). O movimento pietista surgiu no final do século XVII dentro do Luteranismo e foi o precursor do pentecostalismo, neo-pentecostalismo e carismatismo (Igreja Católica Apostólica Romana). Spener fez reuniões de células nas casas (ecclesiola in ecclesiae – pequena igreja dentro da Igreja), denominadas por ele de “collegia pietatis” – (Colégios religiosos).
    1. No ano de 1738, João Wesley, inspirado no Movimento Moraviano, deu inicio a reuniões de pequenos grupos denominados “Reuniões de Classes” ou “Círculos Santos” em que os crentes oravam, estudavam a Bíblia e encorajavam-se mutuamente.
    1. Assim chegamos ao século XX, época em que começa o que chamamos “o movimento celular moderno”, o qual encontramos hoje. O pai do movimento de células moderno é o pastor David Yonggi Cho. Esse movimento nasceu em 1964, em Seul, Coreia, com 20 células.

Assim como a Igreja primitiva cresceu e conquistou o Império Romano em meio à perseguição, assim como a Igreja resistiu às mudanças feitas em sua estrutura por influência do imperador Constantino, assim como a Igreja em células tem resistido quer seja na antiga Rússia, China Comunista e em demais países comunistas, assim também Deus usará as células para resistir às últimas perseguições que serão realizadas pelo anti-Cristo em preparação para a volta de Jesus Cristo.

Fazemos parte então do modelo de Deus para a igreja do novo testamento e para os dias atuais. Somos testemunhas desse mover de Deus por meio do trabalho com células nestes dias finais da história da igreja. Hoje, à semelhança da igreja cristã primitiva, ênfase total é concedida aos cultos de celebração e às reuniões nos lares.

3) CÉLULAS HOJE? POR QUÊ?

A célula é a unidade básica da vida. A matéria biologia ensina que todo ser vivo é formado de células e que célula é a menor unidade estrutural de um organismo capaz de funcionamento independente. Um organismo formado de células tem de desempenhar todas as funções da vida por conta própria, elas dependem umas das outras para cumprir as suas funções devidas e essa interação ajuda todo o corpo a funcionar e permanecer vivo. Dentro da célula, cada membro depende um dos outro também para cumprir seu propósito na vida. O corpo humano é formado de células, ele cresce e se desenvolve a partir da multiplicação de suas células. As células dos seres vivos crescem, reproduzem e multiplicam, situação semelhante a essa também ocorre no mundo espiritual, onde as células formam a igreja e reunidas constituem-se no corpo de Cristo. A interdependência dos órgãos promove o bom funcionamento do corpo físico, isto é, o coração e o pé, embora não estejam diretamente ligados, trabalham juntos para o bem completo do corpo. Onde não há vínculo, não há vida. Assim também acontece no corpo de Cristo (Igreja) – os discípulos lidam com membros que, embora nem sempre tenham uma ligação direta, trabalham para o perfeito funcionamento do Corpo. Assim, todo o trabalho é conduzido pela cabeça, que é Jesus.

Jesus é o DNA de toda a Igreja e também das células. O DNA no núcleo de cada uma de nossas células armazena informação suficiente não só para construir mais uma célula, mas também um corpo humano completo, assim como o DNA da Igreja que é Jesus Cristo e naturalmente seu único modelo. Seja no aspecto natural ou espiritual, podemos ver que o início de vida começa em uma célula. Assim também foi com a igreja do Senhor Jesus Cristo que passou a existir a partir de uma célula criada por Jesus quando chamou os seus discípulos para compô-la.

O propósito de Jesus ao criar as células foi de torná-las eficientes na busca das pessoas que estão perdidas no mundo, a Palavra de Deus mostrou quão importante é que sejam treinados todos os que foram consolidados (2Tm 2:2).

COMO SER UM LÍDER BEM-SUCEDIDO

O sonho de todo líder é fazer um trabalho com sucesso. Seu desejo é que as pessoas continuem em sua célula, cresçam diante de Deus e dos homens e deem frutos. Também deseja que os parentes e amigos conheçam o Senhor Jesus e sejam fiéis durante toda a vida. Desejam multiplicar sua célula e trabalham arduamente para conseguir esse objetivo.

NÃO EXISTE SUCESSO SEM SUCESSOR

  1. COMO É POSSÍVEL REALIZAR ESSE SONHO? CUIDE DE SUA CÉLULA.

Vivendo uma vida de intimidade com Deus, priorizando o momento devocional, tendo tempo de oração e leitura da Palavra de Deus, orando pelos membros da sua célula diariamente, preparando e acompanhando os novos líderes, estabelecendo metas, sonhando com elas e se preparando para alcançá-las, estando submisso à autoridade de seus líderes e demonstrando um total comprometimento com a Igreja e com sua célula. Eis as nossas sugestões:

  • Buscar a presença e a intimidade com Deus;
    • Orar por sua célula;
    • Preparar adequadamente o estudo da lição;
    • Tratar bem os convidados;
    • Trabalhar apaixonadamente;
    • Buscar o seu crescimento e aperfeiçoamento em todo o tempo;
    • Aprender a olhar cada um dos membros como um líder.
  • COMO GERAR NOVOS LÍDERES? LEVANTE UM NOVO LÍDER.

Líder é a chave para a multiplicação das células. Jesus dedicou mais da metade de seu ministério para treinar seus discípulos. Destinou 51% do seu ministério para capacitar seus discípulos, e o resto, ou seja, 49% para atender ao público.

  1. Modelo da Bíblia

A Bíblia dá ênfase à seleção de discípulos que se tornarão líderes:

– Moisés foi tutor de Josué;

– Elias treinou Elizeu;

– Paulo desenvolveu Timóteo.

E você? Pode mencionar uma pessoa que capacitou para líder?

  • A base do modelo de igreja em células é o líder

O crescimento de uma igreja em células está diretamente ligado ao número de líderes que capacita. Não se deve cometer o erro de focalizar o número de células, mas o enfoque deve ser no número de líderes. O crescimento de uma igreja em células consiste no resultado de sua eficiência em manter novos líderes, assim, as igrejas em células bem-sucedidas são as que ganham virtude treinando todos os santos para a obra do ministério.

– Todo membro deve ser visto como um futuro líder.

  • Princípios Fundamentais para se obter Novos Líderes

– Tome a decisão de ser um gerador de novos líderes.

– Proponha-se a transformar cada membro de sua célula em um novo líder.

– Tenha como alvo acompanhá-lo bem de perto, tornando-se um discipulador de novos líderes.

  • O ALVO DA LIDERANÇA

Os que levam outros à grandeza buscam desenvolver e acertar. Os líderes são pioneiros, gente disposta a aventurar-se no desconhecido, a correr riscos, a ser inovador para encontrar novas e melhores formas de fazer as coisas. Você está disposto a aceitar o desafio? O que devemos buscar em um candidato à liderança? Eis alguns princípios para você ser um líder bem sucedido:

#Passo 01: Disponha-se a ser um gerador de novos líderes.

  • Comece com aqueles membros da célula que tenham as seguintes características:
  • Dependência de Deus;
  • Caráter piedoso;
  • Atitude de servo;
  • Disposição para trabalhar.
  • Se nenhum dos membros da sua célula tem essas características, você deve começar a promover isso neles.
  • Adote como sua principal tarefa desenvolver o seu líder em treinamento;
  • O líder pode levar convidados à célula, mas seu trabalho principal é identificar e treinar o próximo líder.

#Passo 02: Tenha como tarefa principal gerar novos líderes.

  • Formas de ver a célula
  • Os membros veem a célula com o ambiente adequado para alcançar outros para Cristo.
  • O líder vê a célula como o ambiente que favorece a formação de novos líderes.
  • Sonhe em liderar uma célula saudável, que cresce e se multiplica, assim você terá novos líderes. Ter um sonho ajuda na realização. A gente alcança aquilo que primeiramente sonha. Ter um sonho ajuda a manter o foco e a canalizar energia. Sem alvos nós perdemos o foco.

#Passo 03: Permita que os membros de sua célula exerçam funções significativas.

Você pode permitir que seu líder em treinamento faça a oração inicial, dirija o louvor e, em algumas ocasiões, dê a lição da célula. Certifique-se de que seu líder em treinamento esteja recebendo o treinamento adequado. Acompanhe-o no curso de liderança para que receba as ferramentas que o transformarão em um novo líder. Uma vez que seu líder em treinamento já esteja capacitado, incentive-o a assumir uma nova célula e inicie o processo com uma nova pessoa. Todo o processo de formação de um novo líder deve estar regado de oração. Ore diariamente por seus candidatos a líderes para ajudá-los a formar-se e a superar suas fragilidades.

#Passo 04: Certifique-se de que seu candidato está recebendo o curso de capacitação de líderes.

Na visão de uma igreja em células, a ideia é que a capacitação do líder comece já no momento de sua conversão. A atenção que se é dada imediatamente após a conversão deve estender-se até culminar com a formação do novo líder. Uma nova Ideia da Fé. Na organização da igreja, chegar a ser líder deve ser um fato natural para todos os crentes. Toda pessoa que se converte um dia chegará a ser líder de célula. Sendo assim:

  • A Capacitação continua. A capacitação de um líder é uma questão permanente. Não há princípio nem fim.
  • Cada novo líder deve ter seu mentor com quem possa compartilhar suas dúvidas ou perguntas.
  • Treine mais candidatos a líder do que o necessário para multiplicar sua célula.
  • Não poupe tempo nem recurso na motivação dos futuros líderes.

#Passo 05: Ore diariamente pelos seus candidatos a líderes.

A oração é a tarefa mais importante de um líder. Os líderes eficazes reconhecem a oração como uma das prioridades mais importantes. A oração é uma ferramenta fascinante para a pessoa que deseja ministrar a outros.

  • Eis alguns itens importantes para você orar:
  • É da célula que surge o novo líder. “E perseveravam na doutrina dos após­tolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações.” At 2:42
  • Ore diariamente pelos membros do grupo.
  • Ore por seu auxiliar.
  • Ore pelas células futuras que serão geradas a partir de seu grupo atual.

A CÉLULA SAUDÁVEL CRESCE E MULTIPLICA.