Uma mensagem aos comunistas

Ao sentir o mundo ao meu redor….

É como começa essa linda canção, que com um tom profético acalenta o coração em relação a guerra ideológica que estamos vivendo.

David Koyzis em seu livro “Visões e Ilusões Políticas” fala sobre Cosmovisão e Ilusão: Enquanto a Cosmovisão é uma visão pré-teórica arraigada numa espécie de compromisso religioso que cada ser humano tem, a ilusão (ideologia) é uma falsa interpretação do mundo, ainda que essa falsidade não seja evidente.

David Koyzis continua:

A cosmovisão é uma visão pré-teórica, arraigada em um compromisso religioso básico à qual interage com a experiência ordinária da vida e é moldada por ela.

Uma ilusão (ideologia) nos dá uma falsa interpretação do mundo. Toda visão está sujeita a distorção, e damos o nome de “ilusões” às visões distorcidas.

É o que João Alexandre responde através dessa canção.

O “real” só será encontrado através de Cristo. Essas ideologias são fruto de um coração traumatizado embebedado por idéias descompromissadas com a vida comunitária de bem, criando uma caricatura de uma pseudo solução messiânica, entretanto, não passam de lobos devoradores tentando dominar as pessoas com o intuito de legislar em causa própria.

Para os Marxistas e afins fica a reflexão, enquanto tentam persuadir ou travarem uma guerra por meio das idéias o Reino que estão tentando destruir é inabalável.

“Pois, embora vivamos como homens, não lutamos segundo os padrões humanos. As armas com as quais lutamos não são humanas; ao contrário, são poderosas em Deus para destruir fortaleza. Destruímos argumentos e toda pretensão que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levamos cativo todo pensamento, para torná-lo obediente a Cristo”. (2 Coríntios 10:3-5)