Base bíblico histórico para as células

  1. BASE BÍBLICA PARA CÉLULAS

Velho testamento:

  • Jetro – Êx 18:13-27 – Delegação de autoridade: um cuidando de 10 – líder; outro, de 100 – discipulador; e outro, de 1000 – pastor de área.

Novo testamento:

  • Jesus – Mt 16:18

– Iniciou seu ministério com um pequeno grupo/célula de 12 discípulos. Mc 3: 13 – 14

– Comissionou a Igreja – Jo 20:21. A missão de Jesus Cristo, recebida do Pai, tem, por conseguinte, a sua continuação da igreja – Mt 28:18-20;

– Alicerçou seu ministério em relacionamentos, entre outras atividades que desenvolveu para estar presente com seus discípulos. Pode-se vê-lo conversando, comendo e dormindo com eles durante seu ministério, que era muito ativo – Jo 1:39; 2:2; 4:7- Lc 6:12; 11:1. Andaram juntos em estradas, visitaram cidades, viajaram de barco, pescaram no mar da Galiléia, oraram juntos, foram às sinagogas e ao templo. Fizeram viagens a Tiro e Sidom. Mc 7:24; Mt 15:21, para “ o território de Decápolis…” – Mc 7:31; Mt 15:29 – e para as “regiões de Dalmanuta”, a sudeste da Galiléia – Mc 8:10. E também para as “… aldeias de Cesaréia de Filipe…” Mc 8:27, no nordeste;

-Local das reuniões: no templo – sinagoga – e nas casas – At 2:42-47; Hb 5:42. No templo se reuniam para adorar a Deus, para ouvirem os ensinos e a pregação das sagradas Escrituras. Nos lares, os recém-convertidos eram acolhidos e alimentados espiritualmente. Ali aprendiam a respeito de Jesus, suas necessidades eram supridas, recebiam cuidados e acompanhamento até se sentirem aptos para cuidarem com carinho dos outros. No Novo Testamento encontramos uma variedade de texto que atestam a existência de grupos pequenos:

At 2:42-47 – “…partindo o pão de casa em casa”

At 5:42 – “…no templo e de casa em casa”

At 20:20 – “…ensinando-vos publicamente e de casa em casa”

Rm 16:3,5,10 –“… a igreja que está na casa deles”

Cl 4:15 – “…a igreja que está em sua casa”

Fm 1:2 – “… à igreja que está em sua casa”

2) HISTÓRIA DAS CÉLULAS

  1. No ano de 312 d.C. o imperador Constantino se converte ao Cristianismo e proclama tolerância aos cristãos – Édito de Milão – e proíbe os cristãos de se reunirem nas casas. O primeiro templo cristão foi construído no reinado de Alexandre Severo (222-233 d.C) e desde então a Igreja começou a perder equilíbrio entre as reuniões de celebração no templo e nas casas.
    1. No ano de 1517, Martinho Lutero deu inicio à reforma protestante e transformou a teologia, mas não conseguiu mudar a estrutura da igreja. Logo em seguida veio Calvino e fez mudanças mais radicais retirando todo o simbolismo da Igreja. John Knox fundou o presbiterianismo em 1560 produzindo mudanças substanciais na estrutura da Igreja.
    1. Posteriormente surgiram os pietistas que tiveram como precursor Felipe Spener (1635 —1705). O movimento pietista surgiu no final do século XVII dentro do Luteranismo e foi o precursor do pentecostalismo, neo-pentecostalismo e carismatismo (Igreja Católica Apostólica Romana). Spener fez reuniões de células nas casas (ecclesiola in ecclesiae – pequena igreja dentro da Igreja), denominadas por ele de “collegia pietatis” – (Colégios religiosos).
    1. No ano de 1738, João Wesley, inspirado no Movimento Moraviano, deu inicio a reuniões de pequenos grupos denominados “Reuniões de Classes” ou “Círculos Santos” em que os crentes oravam, estudavam a Bíblia e encorajavam-se mutuamente.
    1. Assim chegamos ao século XX, época em que começa o que chamamos “o movimento celular moderno”, o qual encontramos hoje. O pai do movimento de células moderno é o pastor David Yonggi Cho. Esse movimento nasceu em 1964, em Seul, Coreia, com 20 células.

Assim como a Igreja primitiva cresceu e conquistou o Império Romano em meio à perseguição, assim como a Igreja resistiu às mudanças feitas em sua estrutura por influência do imperador Constantino, assim como a Igreja em células tem resistido quer seja na antiga Rússia, China Comunista e em demais países comunistas, assim também Deus usará as células para resistir às últimas perseguições que serão realizadas pelo anti-Cristo em preparação para a volta de Jesus Cristo.

Fazemos parte então do modelo de Deus para a igreja do novo testamento e para os dias atuais. Somos testemunhas desse mover de Deus por meio do trabalho com células nestes dias finais da história da igreja. Hoje, à semelhança da igreja cristã primitiva, ênfase total é concedida aos cultos de celebração e às reuniões nos lares.

3) CÉLULAS HOJE? POR QUÊ?

A célula é a unidade básica da vida. A matéria biologia ensina que todo ser vivo é formado de células e que célula é a menor unidade estrutural de um organismo capaz de funcionamento independente. Um organismo formado de células tem de desempenhar todas as funções da vida por conta própria, elas dependem umas das outras para cumprir as suas funções devidas e essa interação ajuda todo o corpo a funcionar e permanecer vivo. Dentro da célula, cada membro depende um dos outro também para cumprir seu propósito na vida. O corpo humano é formado de células, ele cresce e se desenvolve a partir da multiplicação de suas células. As células dos seres vivos crescem, reproduzem e multiplicam, situação semelhante a essa também ocorre no mundo espiritual, onde as células formam a igreja e reunidas constituem-se no corpo de Cristo. A interdependência dos órgãos promove o bom funcionamento do corpo físico, isto é, o coração e o pé, embora não estejam diretamente ligados, trabalham juntos para o bem completo do corpo. Onde não há vínculo, não há vida. Assim também acontece no corpo de Cristo (Igreja) – os discípulos lidam com membros que, embora nem sempre tenham uma ligação direta, trabalham para o perfeito funcionamento do Corpo. Assim, todo o trabalho é conduzido pela cabeça, que é Jesus.

Jesus é o DNA de toda a Igreja e também das células. O DNA no núcleo de cada uma de nossas células armazena informação suficiente não só para construir mais uma célula, mas também um corpo humano completo, assim como o DNA da Igreja que é Jesus Cristo e naturalmente seu único modelo. Seja no aspecto natural ou espiritual, podemos ver que o início de vida começa em uma célula. Assim também foi com a igreja do Senhor Jesus Cristo que passou a existir a partir de uma célula criada por Jesus quando chamou os seus discípulos para compô-la.

O propósito de Jesus ao criar as células foi de torná-las eficientes na busca das pessoas que estão perdidas no mundo, a Palavra de Deus mostrou quão importante é que sejam treinados todos os que foram consolidados (2Tm 2:2).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.