Muitos oram, mas poucos têm fé.

Observemos que Ezequiel foi levado pelo Espírito . E, como qualquer ser humano, ele deve ter estremecido com o apavorante quadro daquele monte de ossos secos. Mas da fé do profeta dependia o destino de milhares, talvez milhões de pessoas — da fé dele, não de suas orações. Muitos oram, mas poucos têm fé. Que tremor santo deve ter perpassado sua alma ao ver aquilo! De espectadores, apenas o céu e o inferno. Se Ezequiel vivesse em nossos dias, certamente iria tirar uma fotografia deles para a imprensa. Depois, preocupado com estatísticas, iria contar os ossos. E quando as coisas começassem a se agitar, iria chamar outros para vê-lo operar (para que o colocassem na ordem certa no “ranking” mundial dos evangelistas). Mas Ezequiel não agiu assim. Vejamos o que ele diz: “ Então profetizei segundo me fora ordenado ”. (Aí está a questão: ele se tornou um tolo para Deus ). “Ossos secos, ouvi a palavra do Senhor ”. Loucura? É! Insanidade total! Ele disse para os ossos: “Ouvi ”, embora eles não t ivessem ouvidos. O profeta fez o que lhe fora ordenado. Mas nós, para evitarmos constrangimento, modificamos as ordens de Deus, e assim passamos uma vergonha maior. Mas Ezequiel obedeceu. E Deus operou, como sempre. “Houve um ruído ”. Ah, disso nós gostaríamos. Mas ele não confundiu barulho com criação, nem atividade com unção, nem agitação com avivamento. Deus poderia ter insuflado vida nesse monte de ossos com apenas um sopro de seus lábios onipotentes. Mas, não. Seria preciso uma série de medidas. Primeiro, “Ossos que batiam contra ossos e se ajuntavam, cada osso ao seu osso ”. (Agora já não são mais um monte de ossos). Um fenômeno desses nos deixaria desorientados; mas não a Ezequiel. Mas de que vale um bando de esqueletos? Eles poderiam, por acaso, lutar nas guerras do Senhor? Será que em tal estágio poderiam honrar o nome de Deus? Hoje, em nossas igrejas, há muitos guias cegos contando esqueletos que “vão à frente ”. Estão andando, claro. Mas ainda não nasceram. Ao ver suas lágrimas, dizemos: “Creia nesta pro messa”. Contudo ainda não possuem vida. Falta carne sobre os esqueletos; depois revestirem-se de pele. E ainda assim teremos apenas um vali cheio de… cadáveres. Seriam eles de algum valor para Deus? Por enquanto não. Têm olhos, mas não vêem; mãos, mas não podem lutar; possuem pés, mas não podem caminhar. É nesse estado que ficam aqueles que vão à frente, caso não ocorra um último ato: “Profetizei como ele me ordenara ”. Ezequiel perseverou; resistiu ao ataque das dúvidas. Em vez de se sentir desanimado à vista dos esqueletos e cadáveres, acreditou que Deus estava com ele. E, a sós com Deus, perseverou. “Profetizei como ele me ordenara, e o e spírito entrou neles e v-i-v-e-r-a-m ” .

—– Leonard Ravenhill