OS ESTÁGIOS DA VIDA DE UMA CÉLULA

  • Estágio da descoberta – Lua-de-mel

A princípio, toda célula humana se parece com uma bolha de protoplasma. As partes individualizadas são quase indistinguíveis. Grupos pequenos seguem um padrão parecido. Inicialmente, os membros ficam olhando um para o outro e o primeiro estágio da célula é destinado a que os membros possam se conhecer uns aos outros.

Nesse estágio devemos destacar e valorizar a amizade e os interesses em comum.

  • Estágio da transição – Etapa dos conflitos

Como na célula humana, os cromossomos se dispõem lado a lado, mas de forma desorganizada. Na célula do corpo de Cristo os membros da célula tiram suas máscaras durante este estágio, eles se veem como realmente são; isso dura cerca de um mês. Pode ser que alguém fale demais, ou seja, é insensível ao extremo, enquanto outro deseja ser sempre o centro das atenções. Aí serão necessários alguns ajustes e, como resultado, as pessoas aprenderão a confiar umas nas outras a ponto de deixarem de lado suas diferenças.

  • Estágio da comunidade

Em uma célula humana os cromossomos que antes flutuavam livremente de repente começam a formar uma linha no meio da célula. No corpo de Cristo, os irmãos passam a se conhecer mais, aumentando sua expressão de comunhão, isso produzirá enriquecimento, mas também poderá gerar algum perigo. Podem querer “fechar o grupo”, preferindo não se importar com a chegada de outros. Isso não deve acontecer.

  • Estágio do ministério

Os filamentos de cromossomos começam a alinhar-se em posições leste-oeste, preparando-se para o lançamento e fazendo uma reprodução exata de si mesmos. Na célula, esta é a hora para desenvolvermos o potencial de cada membro. É hora de distribuir tarefas e focar no evangelismo e na consolidação de novos membros. O líder deve acompanhar bem de perto o líder em treinamento para que sua liderança cresça a cada dia.

  • Estágio da partida

Enquanto a célula se prepara para dar à luz uma célula idêntica, os cromossomos se preparam e se dividem – multiplicam-se. Em uma célula, líderes novos são levantados e treinados para liderar uma célula, enquanto novos membros se juntam ao grupo. Quando o grupo se torna grande suficientemente, ocorre a multiplicação.