A IMPORTÂNCIA DAS METAS

Sonhar é preciso! Sem sonhos começamos a morrer ou vivemos para cumprir os sonhos de outrem. No entanto, nas células, muitos sonham alto, mas não têm a mínima noção de como chegar ao sonho proposto no coração. Deus sonhou em resgatar a humanidade e elaborou um plano para concretizar esse sonho maravilhoso. Com certeza, Deus pensou na maravilhosa benção de voltar a ter o ser humano restaurado ao seu estado original, uma vez que o pecado tornou o homem um ser maldoso e distante do seu Criador. Mas Ele teve que idealizar uma estratégia para alcançar esse objetivo. A essa estratégia, que é um conjunto de ações e atitudes práticas e sequenciais para alcançar o objetivo, chamamos de metas. O ponto-chave para a realização de um ministério de sucesso passa necessariamente pela obtenção de uma visão clara e divina daquilo que queremos, pela encarnação dessa visão, tornando-a missão de vida, e pelo estabelecimento de metas para aperfeiçoar essa visão e não se perder na caminhada ministerial.

O líder da célula precisa trabalhar dentro de uma visão clara. Todo líder precisa saber que a visão é o fundamento de toda tarefa em liderança. A visão exige ação e dedicação e a isso chamamos de missão. Contudo, sua visão de ministério não será realizada a não ser por meio de um ousado conjunto de metas. Em Gênesis, nos deparamos com o chamado de Deus para Noé livrar a raça humana do extermínio, nesse episódio Deus revelou a Noé o seu plano de preservá-lo juntamente com sua família e, ao mesmo tempo, destruir a raça humana por meio do dilúvio. Veja que Deus deu a Noé a visão que se tornou a missão de sua vida, mas a realização dessa missão foi levada a cabo por meio de um plano de metas bem rígido e sequencial estabelecido pelo próprio Deus (Gn 6: 13-22).

Outro texto que ilustra claramente esse assunto é o de 1Sm 15:1-35. Nessa passagem, vemos Deus ordenar a Saul, rei de Israel, por meio de Samuel, a destruição dos amalequitas. Veja a ordem: “Vai, pois, agora, e fere a Amaleque, e destrói totalmente tudo o que tiver, e não lhe perdoes; porém matarás desde o homem até a mulher, desde os meninos até aos de peito, desde os bois até as ovelhas e desde os camelos até aos jumentos”. Infelizmente Saul, ao invés de cumprir as metas de acordo com a visão que Deus lhe dera, fez do seu próprio jeito.

No primeiro texto vimos que Noé cumpriu as metas estabelecidas por Deus: construiu a arca, colocou os animais dentro dela literalmente como Deus lhe ordenara e teve seu nome eternizado como um líder fiel e vitorioso. Já no segundo exemplo, Saul não levou muito a sério a realização de sua tarefa ministerial de acordo com um plano de metas baseado na visão que Deus lhe dera, que era destruir completamente os amalequitas, e isso lhe custou o reinado e o seu nome passou para a história como um dos líderes bíblicos derrotados por infidelidade e incapacidade de dar conta da responsabilidade que recebera de Deus. Veja a importância das metas no ministério cristão.

  1. VANTAGEM DE SE TER METAS:

Uma pesquisa entre igrejas em células demonstrou ser muito mais provável para o líder que tem uma data estabelecida multiplicar sua célula e alcançar seu objetivo do que aquele que não tem meta. Crescimento: As metas nos desafiam! Ninguém sobrevive e se desenvolve sem desafios novos e interessantes. Desde a infância somos movidos por desafios: aprender a falar, andar, escrever etc. Na vida temos de estabelecer metas para alcançarmos nossos sonhos, caso contrário nossos sonhos acabarão se tornando pesadelos, uma vez que os sonhos não se realizam sem trabalho e esforço. Todo esforço e trabalho sem etapas mensuráveis não produzem os efeitos desejáveis. As metas podem produzir uma atmosfera propícia para suportarmos a espera de uma conquista.

  • SEM DESAFIO NÃO HÁ CRESCIMENTO

As metas dão objetividade ao ministério: Um líder não pode perder tempo com coisas supérfluas, nem tampouco perder tempo realizando aquilo que, embora seja bom, não faça parte da sua visão de ministério. Há muita coisa boa desenvolvida no mundo cristão, mas nem todas têm relação com a visão ministerial em questão. A visão correta não é fazer tudo aquilo que é bom, mas aquilo que Deus preparou para o ministério. Nesse caso as metas nos ajudam muito porque elas nos tiram do ativismo e nos colocam nos trilhos da visão de Deus para nós.

Jesus realizou seu ministério baseado numa visão clara, revelada nos profetas. Encarnou sua missão de forma radical, mas com metas objetivas. Em Mc 1:38 Jesus, que já havia curado muita gente no dia anterior, se recusa a ter sua agenda imposta pelo povo ou pelas circunstâncias daquele momento. A multidão queria que Jesus continuasse por ali para curar os demais enfermos daquelas cercanias que estava vindo até ele. Mas ele disse: “Vamos às aldeias vizinhas, para que ali eu também pregue, porque para isso vim.” Isso deixa claro que o ministério cristão precisa de objetividade e não somente de ser preenchido com muitas atividades, por melhor ou mais interessantes que sejam.

Certamente é da vontade de Deus que as células se multipliquem porque quanto maior o número de células, maior a quantidade de vidas alcançadas. Estabelecer metas tem o propósito de concentrar esforços para que a vontade de Deus seja feita. A nossa atitude deve ser, em vez de rotular as metas como algo negativo à vontade de Deus, devemos aceitá-la. Agrada a Deus ver que nos propomos a fazer sua vontade.

  • PRINCÍPIOS PARA O ESTABELECIMENTO DE METAS:

M: mensurável – o que pode ser medido, palpável, possível etc.; Se você não puder medir o resultado, como saberá se conseguiu ou não atingir seu alvo? “Ter o máximo de membros nas células possíveis” não é uma meta, afinal, quanto representa o máximo? Se você considerar isso como meta, qualquer valor que atingir vai achar que é o máximo.

E: específica – destinado exclusivamente para um caso, situação ou pessoa; Mais uma vez, deixar o mais claro possível aonde se quer chegar ajuda a descobrir o caminho e concentrar nossos esforços. Dizer “vou ter um computador” é bem menos potente do que dizer “terei um Pentium lll, de 500mtz e monitor de 17 polegadas”. Cuidado, se definir uma meta como primeiro exemplo poderá receber um 286…

T: temporal – por um tempo determinado; Outra arma poderosa no estabelecimento de metas é o prazo para atingi-las. Não estabelecer um prazo não ajuda a organizar e geralmente se leva mais tempo do que o necessário para se atingir a meta. Afinal, se não tivermos prazo, teremos a vida toda para tentarmos…

A: atingível – chegar (justamente) a, compreender, alcançar, acertar em…; A meta precisa ser algo tangível. Estabelecer que visitarei marte até o meu próximo aniversário certamente não me motivará a buscar as formas de realizar tal sonho. Por outro lado, estabelecer uma meta que não seja desafiante também não mobiliza esforços para atingi-la. A meta deve ter um significado pessoal. Algo que realmente faça com que você levante da cama de manhã com “pique” para trilhar mais uma etapa do caminho que o aproxima de sua realização. Deve ser criativa, desafiadora, porém alcançável. As metas devem ser estabelecidas de acordo com as condições de cada igreja. “Não há ventos favoráveis para quem não sabe aonde quer chegar”. “Quem não sabe ande ir não sabe para onde vai”.

  • PERIGOS QUE DEVEM SER EVITADOS AO FIXAR METAS:
  • Idealismo – é fácil cair no extremismo sob o pretexto da fé em Deus. Se as metas estabelecidas são exageradas, as pessoas ficam desanimadas e perdem o entusiasmo no evangelismo, por isso as metas devem ser razoáveis e alcançáveis.
  • Temor ­- Cada meta é um desafio pelo seu tempo específico, se é alcançável ou não, por isso muitas pessoas temem o estabelecimento de metas. Com fé em Deus pode-se alcançar as metas, afinal, para ele tudo é possível. Podemos trabalhar confiando.
  • Competição desleal- O propósito não é criar contenda nem competições entre irmãos. O verdadeiro propósito é encontrar inspiração no triunfo do outro. Se outros alcançam suas metas, nós também podemos alcançá-las.
  • COMO ALCANÇAR AS METAS:

Passo 1. Assuma as metas estabelecidas para sua célula e comece a planejar como irá alcançá-las. Isso indicará quanto você deve avançar cada semana para que sua meta se torne uma realidade. 

Passo 2. Destine responsabilidades específicas a cada um dos membros da célula e especifique o tempo para cumpri-las.

Cada membro da célula deve ter uma meta pessoal. É a maneira de envolver todas as pessoas no esforço para alcançá-las.

Passo 3. Verifique semanalmente o estado de sua célula.

Certifique-se de que os membros de sua célula ou setor estejam trabalhando nas tarefas que lhes são dadas. Certifique-se semanalmente do real estado de sua célula.

Passo 4. Incentive os membros de sua célula a trazer novos convidados.

Uma pesquisa mostra que os líderes que incentivam seus membros a trazer convidados dobram a capacidade de multiplicação da sua célula, ao contrário do líder que menciona o tema só uma vez, de vez em quando ou nunca.

Passo 5. Ore diariamente, colocando diante de Deus as metas e clamando para que todas as coisas saiam bem a fim de alcançá-las. Incentive os membros de sua célula a se unirem em oração.

  • PAPEL DO LÍDER EM RELAÇÃO ÀS METAS:
  • Faça sempre menção às metas.
  • Dirija a célula em oração pelo alcance das metas.
  • Mencione as metas tantas vezes quantas forem necessárias para que cada membro se aproprie da visão.
  • Coloque o empenho necessário para alcançá-las.
  • Distribua as metas no tempo que tiverem.

Para refletir

  1. Você sempre soube das metas de sua célula e da igreja como um todo?
  2. Você menciona semanalmente aos irmãos as metas pelas quais se está batalhando?
  3. Você delega a responsabilidade sobre algumas ações da célula, de modo a mover os membros ao envolvimento com o grupo?
  4. Você tem orado pelo cumprimento das metas da sua célula?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.