QUALIFICAÇÕES DO LÍDER

QUALIFICAÇÕES DO LÍDER

            O sogro de Moisés, Jetro, entendeu muito bem a necessidade do povo de Deus ser liderado por pessoas qualificadas. Em Êxodo 18.21, ele aconselha a Moisés para escolher como líderes:

  • Homens capazes
  • Tementes a Deus
  • Homens de verdade – confiáveis
  • Que aborrecem a avareza

            Paulo, orientado pelo Espírito Santo, também forneceu informações preciosas sobre a necessidade de líderes qualificados. 1 Timóteo 3.1-13 fornece diversos qualificativos para os líderes da Igreja. Todos nós somos chamados para seguir o exemplo deles, pois um alto padrão de vida cristã não é exclusividade dos pastores da igreja, mas é a norma para cada um de nós. Estude detidamente estes qualificativos bíblicos para líderes e veja como você se encontra em relação à existência deles em sua vida.

            Mas, não fique desencorajado se você não encontrar alguns destes qualificativos em sua vida. Você está num processo de aprendizado e descoberta. O importante é que, agora, o desejo do seu coração seja o de seguir os princípios bíblicos. Arrependa-se de tudo aquilo que não condiz com o plano de Deus para sua vida e, por fé, decida crescer nas áreas mais deficientes de sua vida.

            Você pode não ter ainda um alto grau de qualificativos, mas se houver  compromisso em obtê-los, você está bem adiantado no que Deus quer fazer em sua vida. Josh McDowell escreveu: “Todos têm uma coisa em comum – tempo. Mas o que se manifesta de maneira diferente nas pessoas é o esforço”.

Esforço para crescer e desenvolver-se como líder de célula é o mínimo que esperamos e exigimos dos líderes de células.

            Além de todos estes requisitos necessários para qualificar alguém para ser líder de células, nós faremos bem em dar atenção às quatro qualidades de caráter imprescindíveis num líder. Segundo Larry Stockstill, estas quatro qualidades são:

  • Iniciativa: Iniciativa é reconhecer e fazer o que necessita ser feito antes de ser pedido. É introduzir ou começar uma ação, movendo idéias para a realização. É um risco calculado; não ser impetuoso, mas guiado por sabedoria e cautela. Permanecer de pé quando todos estão satisfeitos em sentar. Ter iniciativa é: Ver a necessidade. Reivindicar responsabilidade. Identificar a solução. Pessoalmente ver através da solução para o sucesso. “Trate com as questões no mesmo dia em que a ouviu”. “Comece para terminar, termine para vencer”.
  • Entusiasmo: Entusiasmo pode ser definido como procurar pelo melhor resultado possível e dirigir todas as energias para capitalizar neste potencial. Entusiasmo é uma escolha, uma determinação de tirar o melhor de uma oportunidade. É escolher ver as situações com excitação mais do que com ceticismo.
  • Sinceridade: Genuinidade, franqueza, abertura. Sinceridade envolve uma disposição para ser transparente e deixar os fatos serem conhecidos. Sinceridade é honestidade de mente ou intenção, e ser livre de simulação ou hipocrisia. Sinceridade é revelada na personalidade de alguém como um reflexo do caráter de uma pessoa através de motivações e tendências.
  • Flexibilidade: Flexibilidade é tirar o máximo de cada mudança, aprender a dobrar-se. Flexibilidade é a força para florescer em um ambiente de mudanças. Ela envolve ser obediente às novas instruções muito embora as antigas pareçam mais favoráveis. Ela inclui adaptar-se às instruções de suas autoridades. Flexibilidade capacita-nos a aceitar a mudança quando ela ocorre.

 

O líder de célula também precisa ter uma certa maturidade espiritual. Convém lembrarmos, porém, que a maturidade espiritual não é medida pela quantidade de conhecimento bíblico que temos, mas pelo compromisso que temos em viver a Palavra de Deus. Ela é medida pelo que tem mudado em nossas vidas de acordo com o que já entendemos da vontade de Deus. Há diversos níveis de maturidade e não esperamos que os líderes de células estejam no topo da montanha da maturidade.

O líder de célula não pode ser alguém que não tem experimentado quase nada da vida cristã. Embora não seja precisamente o tempo de conversão o fator principal que irá determinar a maturidade de alguém, é necessário que, desde a sua conversão, o aspirante a líder tenha experimentado uma transformação progressiva em sua vida.

            A seguir nós fornecemos algumas questões que podem ajudar-nos a averiguar a maturidade espiritual de um líder. Uma resposta afirmativa para cada uma destas questões provê uma base mínima para qualificar e aprovar um líder:

  • Ele tem um real e estável relacionamento com Jesus Cristo? Ele possui uma boa vida devocional?
  • Ele aceita ser discipulado?
  • Ele freqüenta regularmente a Igreja?
  • Ele é um jogador de equipe?
  • Ele está mais disposto a servir do que ser servido?
  • Ele evangeliza freqüentemente?
  • Ele tem participado ativamente de uma célula?
  • Ele tem sido treinado para liderar?

Além disso, ele deve ter um bom nível de compromisso. Compromisso pode ser definido como a firme resolução de proceder com responsabilidade naquilo em que se está envolvido. Sem compromisso não há crescimento espiritual e muito menos condições para liderar.