SEGUROS NAS MÃOS DO DEUS SOBERANO

Resultado de imagem para soberania de deus

SEGUROS NAS MÃOS DO DEUS SOBERANO

DANIEL 2:13-23

 

O assunto da Soberania de Deus é trabalhado no livro de Daniel, com profundidade, e no capítulo dois, encontramos várias expressões acerca desse assunto, tais como: Deus dos céus, Deus de eternidade em eternidade, que muda o tempo e as estações e que revela o profundo e o escondido. O contexto desse capítulo fala de um sonho que o rei Nabucodonosor teve, e a maneira como Daniel foi usado por Deus para a interpretação desse sonho. Vejamos três aspectos da soberania de Deus presentes no capítulo:

1. DEUS REVELA SUA SOBERANIA NA TRAGÉDIA – VS. 13

Daniel e seus amigos passaram a viver situações desafiadoras na Babilônia, a narrativa traz a prova enfrentada por Sadraque, Mesaque e Abede Nego, que foram lançados na Fornalha de fogo ardente, por não adorarem o rei (capítulo 3). Daniel também passou por uma situação parecida, pois foi lançado na cova dos leões (capítulo 6), já que não aceitou adorar o Rei ou orar a ele. Deus é especialista em mudar tragédia em triunfo, nossas dificuldades não destituem Deus de seu trono, de onde governa todas as coisas. a) Em sua opinião, qual a maneira de fortalecermos nossa confiança na soberania de Deus b) Compartilhe algo que você considera relevante da sua experiência de oração.

 

2. A SOBERANIA DE DEUS SOBREPÕE-SE AOS DECRETOS HUMANOS – VS. 18

Decretos são ordens emitidas por alguém que exerce influencias na vida das pessoas. Deus é especialista em desarticular sistemas humanos que não o glorificam. Assim como revelou ao próprio Nabucodonosor. Compartilhe: a) Quais os decretos deste mundo que têm pesado sobre você? b) Quais palavras você já ouviu, desde a sua infância, e que até hoje têm força de lei para você?

3. A SOBERANIA DE DEUS AFETA DIRETAMENTE NOSSA POSTURA COMO SEU POVO – VSS. 22 e 23

O livro relata a postura daqueles jovens (vs. 18), e não podemos negar que a atitude deles foi épica, heroica, fiel, submissa e madura. Somente a fé na soberania de Deus nos faz testemunhar eficazmente acerca do próprio Deus, mantendo a fidelidade, seja na mais alta honra ou na mais profunda provação.

CONCLUSÃO

Crer na soberania de Deus não significa, portanto, esperar passivamente a redenção de todas as coisas. Lembre-se! Aprouve ao Deus soberano usar pessoas falíveis como nós para a implantação do seu reino da terra. Deus espera de nós posicionamento profético diante dos poderosos deste mundo!