JESUS ACIMA DE TUDO

img_5500-1

JESUS ACIMA DE TUDO

Filipenses 1:12-26

Neste estudo, vamos compartilhar o assunto que Paulo apresenta nessa pequenina carta, cuja essência é a alegria. A causa dessa alegria, segundo o apóstolo, era Cristo, não necessariamente as circunstâncias favoráveis ou a isenção de problemas.  Quando temos um encontro pessoal com Cristo, podemos experimentar essa alegria. A religião jamais trará esse nível de regozijo, pois ela não garante a certeza da eternidade. Cristo, somente Cristo, é a garantia do céu. E nós, temos a certeza de nossa salvação em Cristo? Se a nossa alegria não for a alegria da salvação, nos frustraremos diante dos desafios da vida.

1) A alegria é uma das expressões mais belas do amor – Um cristão que conhece a Cristo, que tem sido impactado pela Palavra de Deus, vive uma vida de testemunho e descansa na onipotência de Deus. A certeza da salvação em Cristo lhe garante a paz, mesmo nos momentos mais tensos. A alegria é uma das expressões mais belas do amor, assim como o domínio próprio, a paciência, etc. Assim, um cristão que conhece a Cristo, que tem sido impactado pela Palavra de Deus, vive uma vida de testemunho e descansa na onipotência de Deus. Compartilhe: Quais atitudes podemos ter, que demonstram a alegria e a leveza do Evangelho e que nos ajudarão a ganhar 5% do povo de Londrina para Cristo?

2) Precisamos de uma perspectiva correta para viver Trata-se da perspectiva do Reino, quem Jesus é e qual a qualidade da minha experiência com esse Cristo. Quando vivemos em função do que Cristo tem para nós, nos envolvendo com sua missão, como diz o verso 14, nós superamos o medo e a própria tristeza. A mudança experimentada por Paulo foi maravilhosa. Antes da conversão ele era soberbo, religioso e mesquinho, contudo, após Cristo ter transformado seu ser, tornou-se alguém humilde, que aprendeu a viver na dependência do Senhor. Ele deixou de servir a seus próprios interesses para servir aos valores eternos. Compartilhe: Quais são os interesses que regem a nossa vida? Nossa rotina mostra que somos reféns de nossas vontades ou servos dos propósitos eternos?

3) Precisamos de uma prioridade para nosso viverPrioridades nos fazem realizar aquilo que é importante aos olhos de Deus. No verso 18, Paulo mostra isso, ou seja, sua prioridade era que Cristo fosse pregado. Provérbios 3:6, nos diz: “Reconhece Deus em todos os teus caminhos e Ele endireitará as tuas veredas.”, que verdade tremenda! A Bíblia está dizendo que quando priorizamos a Cristo e sua Palavra, temos a certeza de que somos guiados pelo Eterno e, nessa caminhada, sempre seremos guiados aos pastos verdejantes. Compartilhe atitudes que devemos ter, que demonstrem que priorizamos as coisas de Deus.

Conclusão

Queremos que cada um que está presente nesta célula faça a seguinte pergunta a si mesmo: Sou liderado por pressões ou por prioridades? Que Cristo nos faça viver um Evangelho que faça da cidade de Londrina um lugar melhor para se viver.