SUA VERDADEIRA IDENTIDADE

Resultado de imagem para discipulado
SUA VERDADEIRA IDENTIDADE

João 13:1-5

Temos a tendência de valorizar as pessoas pelos seus títulos, pelo seu nível social ou relevância de algum cargo que ocupa. Mas, será que o que fazemos, ou com o que estamos envolvidos, determina quem somos? O texto lido nos traz o relato do lava pés, quando Jesus ocupou a posição de um escravo daquela época lavando os pés dos discípulos. Temos na atitude de Jesus um grande contraste, pois um rei age como um servo. Por que Jesus fez isto? É sobre esta questão que compartilharemos neste estudo.

  1. Podemos cogitar alguma motivações de Jesus para tomar a posição de um escravo e lavar os pés dos discípulos.
  1. Jesus sabia que o seu tempo estava se acabando na terra;
  2. Jesus foi movido pelo profundo amor que sentia pelos seus discípulos;
  3. Jesus era consciente da luta espiritual que se travava naquele momento;
  4. Jesus era consciente da sua missão, dada pelo Pai;
  5. Jesus tinha um profundo senso da sua identidade, e por isso teve convicção de que a atitude de agir como servo, não mudaria em nada a sua verdadeira identidade, Ele sempre foi e será Rei, Ele é o Filho do Deus vivo. Pensando nisto, compartilhe: Como reagem as pessoas que não têm convicção da sua verdadeira identidade?
  1. Jesus despiu-se de sua túnica, cingiu-se de uma toalha e se abaixou para lavar os pés dos seus discípulos. O amor se pôs de joelhos. Naqueles tempos os meios de transportes eram precários e as estradas não eram pavimentadas. O transporte era feito em carroças, ou em lombos de animais, ou na maioria das vezes à pé. Sendo assim, as pessoas tinham os pés calejados e sujos, pois as sandálias, comumente usadas naquela época, não protegiam tanto nas longas caminhadas. E Jesus fez um serviço que era próprio aos escravos, passa a lavar os pés imundos dos discípulos. Você faria o que Cristo fez? Pensando na realidade em que vivemos, compartilhe atitudes que devemos ter que nos identifiquem com Jesus.
  1. Jesus tomou a forma de servo pois sabia, muito bem, qual era a sua identidade. O que fazemos expressa, mas não determina quem somos. Você concorda com esta afirmativa? Comente.
  1. Vivemos em um mundo em que as pessoas são, cada vez mais, cheias de si mesmas. Leia Filipenses 2:5-8 e compartilhe: O que significa a expressão “a si mesmo se esvaziou”?

CONCLUSÃO

Quando a nossa identidade está ancorada em Jesus Cristo somos levados a nos humilhar e nos livrar da soberba. Jesus entrou em Jerusalém e as pessoas estendiam roupas para Ele passar, simbolizando o tapete vermelho que normalmente eram estendidos aos reis. Maria quebrou o vaso de alabastro e ungiu os pés de Jesus e os enxugou com os seus cabelos. Mas Aquele que recebeu a honraria de rei se inclinou para lavar os pés de homens rudes. Esta atitude nos remete à cruz do calvário quando lavou-nos da sujeira do pecado e nos deu o privilégio de sermos chamados filhos de Deus. Proclamemos esta verdade para que o povo londrinense seja alcançado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.