O PERFIL DA IGREJA/CÉLULA IDEAL

Resultado de imagem para cell group
O PERFIL DA IGREJA/CÉLULA IDEAL – parte 1

1 Tessalonicenses 1: 1 – 10

Nas últimas semanas, o foco dos nossos estudos foram: fé, milagres e missão. Compreendemos que fomos amados por Deus, salvos por meio de Jesus Cristo, na cruz do calvário, por sua morte e ressurreição, para servirmos ao próximo e sermos abençoadores. Deus tem operado de forma poderosa no meio da sua Igreja e em nossas células. Neste estudo, vamos falar sobre como Deus usa o ministério celular para que a Igreja possa se ajustar ao perfil ideal. A Igreja de Tessalônica é um modelo de Igreja viva, forte, evangelizadora, dependente do Espírito Santo e teve um grande impacto.

1. Pensando em nossas células, temos que pensar sobre um perfil ideal para nossas reuniões, se realmente estamos buscando o enchimento do Espírito Santo, por meio da oração, e se estamos nos alimentando da Palavra de Deus. O que fez a Igreja de Tessalônica ser tão relevante? O que precisamos fazer para que nossa Igreja e nossas células sejam mais relevantes em nossa cidade?

2. Podemos observar que a Igreja de Tessalônica tinha marcas impactantes e os sinais de um cristianismo real, os quais são: (V.3)

a) Operosidade da fé: Paulo dizia que tinha saudade daquela Igreja por causa da operosidade da fé existente nela. A fé daquele povo não era apenas uma linguagem bíblica, mas havia uma prática de oração, de dependência e de milagres. Deus tem nos chamado para realizar a obra dEle. Quais obstáculos temos colocado diante de nós para não faze-la?

b) Amor abnegado (amor sem interesse): Tessalônica era uma Igreja que tinha alegria em servir as pessoas, olhava para o próximo com o amor de Deus. Compartilhe: Nos dias de hoje, como estamos demonstrando esse amor na Igreja e na célula?

3. Precisamos, como Igreja, reconhecer o que havia de melhor nas outras pessoas. O Apóstolo Paulo diz que precisamos considerar os outros maiores que nós mesmos. Não podemos viver de forma negativista, precisamos olhar para as pessoas, ver potencial na vida delas e reconhecer o que há de melhor nelas, assim como Jesus Cristo fazia. O perfil da Igreja ideal é aquela que ama, cuida e reconhece o melhor na vida de outras pessoas. Como célula, qual estratégia podemos usar para alcançar cada vez mais as pessoas que não conhecem o verdadeiro evangelho de Jesus Cristo?

Conclusão

Deus nos chamou e nos capacitou para cumprirmos o chamado dEle para nós. Que essa campanha não fique somente nestes dias, mas que possamos ser impactados por esse amor, esse cuidado, esse encorajamento, essa fé, e que, com a graça de Deus, possamos ser uma Igreja/célula ideal para alcançarmos o coração daqueles que ainda não se renderam a Jesus Cristo, para a Glória de Deus.