Relacionamentos: a prioridade no trabalho das células

Resultado de imagem para relacionamento
Relacionamentos: a prioridade no trabalho das células

Por Mario Veja, www.elim.org.sv

Muitas vezes, mencionamos nesses blogs a importância dos relacionamentos pessoais no ministério celular. No entanto, uma compreensão inadequada do papel do líder pode estragar esse foco relacional. Dave Crenshaw em seu livro The Myth of Multitasking: How “Doing It All” Gets Nothing Done (O Mito da Multitarefa: Como “fazer tudo” Faz com que Nada Seja Feito, em tradução livre), escreve: “As pessoas com quem vivemos e trabalhamos todos os dias merecem nossa atenção completa. Quando damos às pessoas uma atenção fragmentada, pedaços de tempo e saltamos de uma coisa para outra, o custo dessas interrupções será muito maior do que a simples perda de tempo. Acabaremos prejudicando nossos relacionamentos ”.

Assumir muitas tarefas leva os líderes a negligenciar os aspectos essenciais da vida das células. Líderes não só têm um trabalho a fazer, mas é um trabalho que merece ser bem feito. A chave para o ministério celular bem-sucedido é dar a ele foco prioritário. E esse foco prioritário deve ser principalmente nos relacionamentos. Conversões, discipulado e edificação derivarão desses relacionamentos.

Aqueles que se concentram em muitas coisas de uma só vez são ruins em todas elas. Por quê? Porque tentar fazer duas coisas ao mesmo tempo não nos permitirá fazer qualquer uma delas bem. Esta é minha recomendação: defina sua prioridade e delegue todo o resto para os membros da célula. Desta forma, você se concentrará no que só você pode fazer enquanto outros crescem fazendo as tarefas que os levarão a se tornarem novos líderes.