O CONSOLADOR

ESTUDO DAS CÉLULAS | Nº 08 –  25 FEVEREIRO 2018

Imagem relacionada

O CONSOLADOR

JOÃO 14:16-26

 

Jesus havia vivido três anos de intenso trabalho, ensinamentos e muita comunhão com seus discípulos. No entanto, o sinédrio (uma assembleia composta por juízes) já havia ordenado sua detenção e o clima era de despedida. Jesus, fez a promessa de que enviaria outro encorajador, conselheiro, consolador, advogado, alguém que iria pleitear a causa dos verdadeiros discípulos. Encontramos neste texto a palavra “paracletos” que derivada dos vocábulos gregos “para” (para ao lado de) e “kaleo” (chamar, convocar) dando o sentido total de “alguém chamado para ajudar ao lado de outro”.  Pensando nisto, é que compartilharemos algumas verdades neste estudo.

 

  1. Quem é o Espírito Santo. (vs.16).

O Espírito Santo é uma pessoa enviada da parte de Deus para estar do nosso lado, é a terceira pessoa da trindade com a mesma essência do Pai e do Filho. Ele é consolador, amigo, amoroso, auxiliador, bondoso, poderoso, santo, sábio, sensível, verdadeiro, intercessor e a lista acerca dos seus atributos é infinita. É Ele quem convence todas as pessoas (João 16:8), nos assiste em nossas fraquezas (Rm. 8:26), é o poder de Deus que nunca nos abandona e habita em nós.

Compartilhe: Em sua opinião, qual a melhor maneira de cultivar um relacionamento íntimo com o Espírito Santo? (2Co. 3:17-18).

 

  1. O que o Espírito Santo faz. (vs.18).

Ele sela nosso vínculo com Deus Pai nos dando a certeza de sermos filhos. Esta ação sobrenatural supera todo e qualquer sentimento de abandono, suprindo integralmente as necessidades do nosso coração. Jesus está presente em nossa vida pelo Espírito Santo agindo diretamente em todas as áreas da nossa vida. (Cl. 3:11b)

Comente: Em sua opinião, o que aconteceu com os discípulos que estavam a caminho de Emaús? ( Lc. 24:31)

 

  1. Como o Espírito Santo opera. (vs. 26).

Através da Palavra de Deus, o Espírito Santo aplica as verdades de Cristo em nosso coração ampliando nossa compreensão da mensagem divina, dando continuidade as instruções e a atuação transformadora em nós. (Fp. 1:6). Remove toda dureza do coração, quebrando toda cegueira e incredulidade, Ele é o Espírito de Verdade que nos ensina as importantes verdades sobre o pecado, a retidão, o julgamento e nossa missão. (Mt. 28:19) Compartilhe algo que você considere relevante, sobre a sua experiência com o Espírito Santo.

 

CONCLUSÃO

É impossível escondermos do Espírito Santo, Ele sendo Deus, e não há como escaparmos da sua onipotência, onisciência e onipresença. Em todos os lugares e em todas as situações, tenha a certeza em seu coração, Ele estará conosco. Por isso, não hesitemos em clamar: Espírito Santo transborda-nos!