O melhor investimento!!

Resultado de imagem para meditar na bíblia

Jr 9:24 NVI
mas quem se gloriar, glorie-se nisto: em compreender-me e conhecer-me, pois eu sou o Senhor, e ajo com lealdade, com justiça e com retidão sobre a terra, pois é dessas coisas que me agrado”, declara o Senhor.

Traduzo este texto assim: aquele que quer chamar a atenção (gloriar-se – הלל halal) – significa “brilhar” e numa aplicação prática, tudo aquilo que brilha chama a atenção, então, chame atenção em compreender a Deus, em conhecê-lo (שכל sakal). Esta palavra nos faz refletir à dimensão em nos concentrarmos exclusivamente em Deus, ela significa “ponderar”, “levar em consideração”; outra palavra que encontro nesta tricotomia daquilo que agrada a Deus é saber (ידע yada Ì) que significa “perceber”, “descobrir”, “saber por experiência”.

Quanto mais me concentro nisso, menos uso o púlpito para falar sobre “minhas opiniões”, para falar dos outros, dar exemplo de situações verídicas que causam constrangimentos, comparações humanas etc. A busca direta por Deus me faz enxergar a Bíblia como ela é de fato e os primeiros confrontos precisam passar pelo meu coração, eu devo ser o primeiro.

O púlpito não é lugar de falarmos de ninguém, aliás, nem as reuniões de liderança. Isso me lembra um texto de Jeremias quando Deus o usa para confrontar o pecado de Judá (Jr 7:19 NVI – Mas será que é a mim que eles estão provocando?, pergunta o Senhor. Não é a si mesmos, para a sua própria vergonha?)


Tais atitudes reprováveis possuem o mesmo sentimento. A idolatria persistente do próprio ego, que valida a injustiça e cria uma comunidade frágil, manipuladora e sem caráter.

(Jr 8:21,22 NVI – Estou arrasado com a devastação sofrida pelo meu povo. Choro muito, e o pavor se apodera de mim. 22 Não há bálsamo em Gileade? Não há médico? Por que, então, não há sinal de cura para a ferida do meu povo?)


Onde está Cristo em tudo isso?
Nossos púlpitos precisam ser mais cristocêntricos, quanto mias nos concentrarmos nisso, menos do caráter idólatra do próprio eu prevalecerá… teremos mais arrependimento, viveremos mais a Graça de Deus do que a misericórdia limitada do homem. A obra é de Deus, então, se vamos brilhar, que sejamos o crepúsculo da esperança, da Graça, da fé e do amor!

“Deus não se curvou a nossa pressa nervosa, nem adotou os métodos da nossa mecânica. O homem que deseja conhecer a Deus precisa dedicar-lhe tempo.”(A.W.Tozer.)

PrAndreTorreRibeiro
Vozes de uma pedra – Lc. 19:40
Londrina, 05.05.17 07:23