DISCIPULADO – Vozes de uma pedra-Lc. 19:40

d2619-coragem2bestrada

Discipulado é mais do que um processo; é um relacionamento.

Os discipuladores precisam ouvir com muito cuidado cada discípulo para juntos descobrirem de que maneira o relacionamento que está sendo formado pode levar à cura.

Os discipuladores precisam ser humildes a fim de receber os tesouros que aparecem a partir de um bom relacionamento com os discípulos.

“Se alguém te ferir na face direita, oferece também a outra”. Mateus 5:39

Frequentemente dizemos que as pessoas passivas são humildes. É uma maneira de encontrar algo amável para se referir a pessoas que consideramos bastante incapazes.

Raramente admiramos a humildade, porque a consideramos como o oposto da agressividade, que associamos ao sucesso. Jesus, no entanto, tinha uma visão diferente da humildade. Ele disse: “Agora que eu, vosso Senhor e Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns dos outros” (João 13:14). Jesus não se fez humilde na presença de outros porque possuía uma baixa auto-estima. Ele escolheu servir seus DISCÍPULOS porque tinha consciência de quem era; Jesus era suficientemente confiante para assumir o papel de servidor. Ele sabia que o status e o poder não tornam uma pessoa importante. O que faz uma pessoa ser importante é sua capacidade de servir os outros. Não como um serviçal numa condição de humilhação, mas como alguém que está contribuindo e enriquecendo o caráter da outra pessoa; como alguém que acrescenta e inspira transformações internas que gerarão transformações externas, levando a outros a seguirem o exemplo. A grande questão é, que sempre se focaliza o ato visível (o lavar os pés literalmente), porém o que está em questão é o ato invisível; a causa… Jesus lava os pés para externalizar o servir uns aos outros.

A verdadeira humildade exige confiança em si mesmo. Para ser humilde você precisa saber quem é e escolher servir os outros. Não se trata da modéstia causada pela insegurança. Dar importância à outra pessoa sem nos considerarmos diminuídos é a verdadeira humildade.

Ser uma pessoa passiva é recusar-se a ter uma atitude por causa do medo. Ser humilde é ter uma atitude devido ao amor. Foi isso que Jesus quis dizer quando falou: “Se alguém te ferir na face direita, oferece também a outra.” Ele não disse: “Se alguém te ferir na face direita, dá meia volta e afasta-te.”

Jesus queria que as pessoas tomassem uma posição firme e tivessem uma atitude digna.

 

O que ele estava transmitindo é que o amor é mais forte do que o ódio. Se as pessoas atacarem você por ódio, procure amá-las até a morte. Jesus viveu este preceito literalmente na sua vida.

A humildade é a força sob controle.

Com amor,
A Pedra….

Sejam edificados – Pr Andre Henrique Torres Ribeiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.