A IGREJA BASEADA EM CÉLULAS

A IGREJA BASEADA EM CÉLULAS

Muitas igrejas têm procurado aplicar o princípio Bíblico das Células sem obter o crescimento qualitativo e quantitativo desejado.  Por quê?

Tem que investigar, primeiramente, qual o paradigma de Célula que aquela igreja aplicou. Todos os modelos diferentes de igrejas que usam Células podem ser classificados em um de dois tipos básicos de igreja: 1)A igreja com Células”, onde Células é algo bem-vindo mas não é o coração da igreja. 2) “A Igreja de Células”, onde tudo acontece pela Célula, para a Célula, através da Célula e em função da Célula. Enfim, a Célula é o coração da igreja. É importante lembrarmos que existe uma enorme diferença entre uma “igreja com Células” e uma “igreja de Células”. Veja este quadro:

 

      IGREJA COM CÉLULAS                                               IGREJA DE CÉLULAS

Célula é um dos programas da Igreja.

 

Célula é o programa da igreja.
Célula é um dos ministérios da Igreja.

 

Célula é a própria igreja nos lares.
Célula é opcional (mesmo que seja encorajado).

 

Célula não é opcional. Todos os membros participam da Célula e do Culto de Celebração.
O coração da igreja é seus cultos públicos, ou sua rede de ministérios, ou seus programas.

 

O coração da igreja é a Célula.
Pastor titular pode até apoiar as Células, mas não tem tanto tempo para se envolver. Pastor titular tem muita visão para as Células e está totalmente envolvido

e ativamente liderando as Células.

 

Os pastores efetuam o ministério. Os pastores estão ensinando, treinando e equipando a Igreja para que todos efetuam o ministério.

 

Muitas vezes a ênfase acaba sendo em “receber bênçãos”.

 

A ênfase sempre é em “ser uma benção”.
Muita ênfase em fazer convertidos.

 

Muita ênfase em fazer discípulos.
Outros ministérios da igreja “competem” com as Células.

 

Não é permitido que nenhum outro ministério esteja “competindo” com as Células.
Líderes são formados através dos seminários. Líderes são formados através do discipulado e da experiência prática, trabalhando e produzindo frutos nas Células.

 

Só pode ser líder quem tem diploma. Só é líder em qualquer ministério da igreja se: 1) está sendo discipulado 2) Está fazendo discípulos 3) Está produzindo fruto como líder de Célula.

 

A visão do pastor titular nem sempre contagia a igreja. O pastor usa o púlpito e reuniões de liderança constantemente para passar a visão e contagiar a igreja.

 

             IGREJA COM CÉLULAS                                     IGREJA DE CÉLULAS

 

 

As Células podem ter muitas funções mas normalmente são para comunhão.

 

 

As Células vão usufruir de comunhão, mas a ênfase é em alcançar novas pessoas.

 

As Células nem sempre tem supervisão nem prestação de contas.

 

 

As Células têm uma supervisão cerrada com muita ajuda e prestação de contas.

 

As Células crescem e dividem as vezes.

 

Uma “santa pressão” é colocada em todas as Células para que cresçam e multipliquem.

 

 

O membro pode envolver em ministérios da igreja sem freqüentar a Célula.

 

Para envolver em qualquer ministério da igreja tem que ser um membro fiel da Célula (muitas igrejas até exigem que seja líder de Célula antes que possa atuar em qualquer ministério).

 

 

Quando tem conferências pode cancelar as reuniões das Células naquela semana. Não tem prioridade na agenda da igreja.

 

 

Nunca pode cancelar as reuniões das Células. Elas têm prioridade na agenda da igreja.

 

O pastor ocupa 80% do seu tempo com a igreja e 20% com os líderes (uma média).

 

 

O pastor ocupa 20% do seu tempo com a igreja e 80% com os líderes (uma média).

 

Muitas vezes a igreja depende muito da personalidade, talentos, carisma, etc. do pastor.

 

 

Inicialmente a igreja depende da visão do seu pastor mas depois ela continua crescendo com ou sem o pastor.

 

A igreja necessita de eventos evangelísticos para alcançar os não crentes.

 

A igreja poderá usar eventos evangelísticos, mas não necessita deles, pois o crescimento acontece naturalmente dentro e através das Células.

 

 

Evangelismo acontece  principalmente fora da esfera da ação da Célula.

 

 

A Célula é a maneira principal que a igreja evangeliza e alcança novas pessoas.

 

A integração de novos convertidos (quando existe) é feito através da Escola Dominical ou por outra maneira um tanto artificial.

 

 

A integração de Novos Convertidos acontece naturalmente pela vida da Célula.

 

A igreja não depende das Células para pastorear e discipular seus membros.

 

Todo o discipulado, pastoreamento e cuidado com as ovelhas acontece no contexto da Célula, seus líderes e supervisores.

 

 

Conferências e encontros de Células não têm prioridade no calendário da igreja.

 

Conferências, encontros, retiros e treinamento de líderes para Células sempre são datas importantes no calendário da igreja.

 

 

As Células nem sempre tem investimento financeiro da igreja muito menos supervisores

financiados.

 

 

A igreja investe financeiramente nas Células e na liderança de pastores supervisores tempo integral.

Autor: Pr Andre LDA

Bacharel em Teologia pela Faculdade Evangélica do Brasil - ISBL, estudou também na Faculdade Teológica Sul Americana, convalidando o curso na Unicesumar. Especialista em docência no ensino superior pela Unicesumar e Liderança, Plantação e Revitalização de Igrejas pelo Seminário Teológico Asbury. Atualmente é graduando em licenciatura em história pela Unicesumar. Tenho uma grande e honrosa missão, Ganhar, Cuidar e Encorajar as pessoas a terem um relacionamento com Jesus, é nisso que gasto minha vida, eu e toda minha família estamos envolvidos nesta nobre tarefa. Soli Deo Gloria

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: