VENCENDO CRISES ATRAVÉS DA FÉ – Parte 2

QUEBRA-GELO: Você tem um milagre de provisão?

Todos nós, em algum momento da vida, em alguma área, já passamos por lutas e dificuldades. Mas como é reconfortante saber que o nosso deus pode interferir de maneiras poderosas e sobrenaturais para suprir as nossas necessidades.

Conte seu milagre de provisão!

Pode ser algo grande ou pequeno, mas foi algo tremendo, fruto do amor e do cuidado de Deus! Conte.

(Ministrador do estudo, comece por você, para encorajar os outros!)

TEXTO: João 10.10; II Coríntios 4.17,18

João 10.10: “O ladrão vem somente para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância”.

II Coríntios 4.17,18: “Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação, não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas”.

RESUMO DA MENSAGEM

Esta é a continuação da mensagem da semana passada. O pastor reenfatizou, com base em João 10.10, o sentido grego da palavra περισσος = perissos – no sentido de além, abundante, que excede algum número ou medida ou posição ou necessidade; sobre e acima, mais do que é necessário, super adicionado; que excede, abundantemente, supremamente; algo a mais, mais, muito mais que tudo, mais claramente; superior, extraordinário, excelente, incomum; preeminência, superioridade, vantagem, mais eminente, mais extraordinário, mais excelente. Esta semana, ele tratou dos seguintes pontos: 1. Escolha a fé apesar dos fatos, pois existem momentos onde os fatos são os maiores empecilhos a nossa fé.  Fatos na área de saúde, emprego, finanças, relacionamentos… mas a Palavra de Deus é clara: Deus é o dono do ouro e da prata; Jesus é o médico dos médicos. “Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apoie em seu próprio entendimento” (Provérbios 3.5). 2. Escolha abençoar apesar das circunstâncias. Como fizeram Elias e a viúva de Sarepta. Apesar da sequidão e das circunstancias adversas, pela fé e pela obediência dos dois, da mulher e do profeta, Deus fez o milagre poderoso de multiplicar por três anos a farinha da panela e azeite da botija (I Reis 17.7-16). Os fatos e a razão diziam: “Estamos em crise, não posso ajudar você!” Mas ela não fez assim! Deus não fez a crise passar. Mesmo no meio da crise de fome, Deus supriu com abundância aquela mulher e o Seu profeta. 3. Seja grato e declare somente palavras de fé. O milagre acontece através da verbalização daquilo que você crê! “Porque em verdade vos afirmo que, se alguém disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar no seu coração, mas crer que se fará o que diz, assim será com ele” (Marcos 11.23). Provérbios 18.20: “Do fruto da boca o coração se farta, do que produzem os lábios se satisfaz”. Números 14.28: “Dize-lhes: Por minha vida, diz o SENHOR, que, como falastes aos meus ouvidos, assim farei a vós outros”.

 

EM DISCUSSÃO 

  1. Os fatos podem dizer que você está doente, endividado, com o marido ou os filhos desviados… Com notas vermelhas, desempregado, com relacionamentos quebrados. Mesmo assim, de acordo com Provérbios 3.5, “Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apoie em seu próprio entendimento?”, qual a melhor maneira de reagir?

Respostas pessoais e variadas.

 

  1. A viúva de Sarepta, em I Reis 17.7-16, tinha somente um pouco de farinha e outro pouquinho de azeite. O que a fez receber um poderoso milagre que a abençoou, junto com seu filho e o profeta, por mais de três anos?
  • Ela deu ouvidos à palavra do profeta, enviado por Deus para a sua casa;
  • Ela decidiu dar obedientemente primeiro para o profeta, mesmo sabendo que o que tinha era muito pouco,
  • Não Ela acreditou que Deus poderia reverter as circunstâncias negativas, e transformar tudo ao seu redor em bênçãos.
  • (Ministrador: Se as pessoas derem respostas mais ou menos parecidas, aceite-as!)

 

  1. Atenção ministrador: Peça que os membros leiam Marcos 11.23, Provérbios 18.20 e Números 14.28. Deixe Em seguida pergunte: De acordo com estes textos, qual a importância que tem a declaração da nossa boca para a concretização da bênção de Deus em nossas vidas e ao nosso redor?
  1. De acordo com Marcos 11.23, Jesus ensinou uma lição sobre a fé operante, a partir das declarações da boca dos discípulos. O mesmo serve para nós hoje. O que é necessá-rio para que um “monte” se erga e se lance ao mar?
  • Declaração da nossa boca, palavra de comando ao monte, que pode significar problemas, obstáculos, dificuldades;
  • Fé no coração, não duvidar das promessas de Deus;
  • Crer que se fará aquilo que ele diz (convicção inabalável na Palavra de Deus).

 Fonte: Ministrada na Igreja da Paz Ceará pelo Pastor Sandro Oliveira em 10  de janeiro de 2016

Autor: Pr Andre LDA

Bacharel em Teologia pela Faculdade Evangélica do Brasil - ISBL, estudou também na Faculdade Teológica Sul Americana, convalidando o curso na Unicesumar. Especialista em docência no ensino superior pela Unicesumar e Liderança, Plantação e Revitalização de Igrejas pelo Seminário Teológico Asbury. Atualmente é graduando em licenciatura em história pela Unicesumar. Tenho uma grande e honrosa missão, Ganhar, Cuidar e Encorajar as pessoas a terem um relacionamento com Jesus, é nisso que gasto minha vida, eu e toda minha família estamos envolvidos nesta nobre tarefa. Soli Deo Gloria

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: