Vamos continuar orando!!!

“A escala do dano ambiental [em Mariana, MG] é o equivalente a 20 mil piscinas olímpicas de resíduos de lama tóxica contaminando o solo, rios e o sistema de água em uma área de mais de 850 quilômetros”, disseram nesta quarta-feira (25) dois especialistas independentes da ONU.

“As medidas tomadas pelo governo brasileiro, a Vale e a BHP Billiton para evitar danos foram claramente insuficientes. O governo e as empresas devem fazer tudo ao seu alcance para evitar mais danos, incluindo a exposição a metais pesados e outras substâncias químicas tóxicas”, enfatizaram.

Acesse o comunicado na íntegra dos dois peritos em http://bit.ly/1XqVoxK

 

(Foto: DigitalGlobe e Globalgeo Geotecnologias)

 

“A escala do dano ambiental [em Mariana, MG] é o equivalente a 20 mil piscinas olímpicas de resíduos de lama tóxica…

Posted by ONU Brasil on Quarta, 25 de novembro de 2015

Autor: Pr Andre LDA

Bacharel em Teologia pela Faculdade Evangélica do Brasil - ISBL, estudou também na Faculdade Teológica Sul Americana, convalidando o curso na Unicesumar. Especialista em docência no ensino superior pela Unicesumar e Liderança, Plantação e Revitalização de Igrejas pelo Seminário Teológico Asbury. Atualmente é graduando em licenciatura em história pela Unicesumar. Tenho uma grande e honrosa missão, Ganhar, Cuidar e Encorajar as pessoas a terem um relacionamento com Jesus, é nisso que gasto minha vida, eu e toda minha família estamos envolvidos nesta nobre tarefa. Soli Deo Gloria

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: