O Preço Alto de Fazer Tudo Sozinho; Parte 1: O Preço das Pessoas

O Preço Alto de Fazer Tudo Sozinho; Parte 1: O Preço das Pessoas

Dr. Jim Wall, Diretor Executivo, Acts 2 Network, www.acts2network.org

Os primeiros seis anos na implantação da Western Branch Community Church (““Filial Ocidental da Igreja da Comunidade”, tradução livre) estavam entre os anos mais dinâmicos e emocionantes da minha vida ministerial. O sétimo ano foi o mais difícil.

Deus nos abençoou drasticamente naqueles primeiros anos. Centenas de pessoas sem igreja e pessoas não salvas vieram e encontraram a Cristo. 70% do nosso crescimento veio através de conversões. Infelizmente, a minha abordagem para cuidar de todos os cristãos bebês foi profundamente falha. Veja bem, eu vim da realidade onde o pastor principal cuidava do rebanho pessoalmente. Se havia uma necessidade, ela tinha que ser atendida por mim. Se existia uma pergunta, ela tinha que ser respondida por mim. Se tinha uma reunião, ela não poderia começar antes de eu chegar. Se alguém estava no hospital, os anjos não começavam a cantar o louvor Aleluia até que eu chegasse lá.

Tudo desabou no dia em que eu prometi a uma mulher membro da igreja que eu iria para o hospital orar com ela antes do horário agendado para sua pequena cirurgia. Antes de eu chegar lá naquele dia, eu recebi uma ligação dizendo que outro membro da igreja estava indo para uma cirurgia cardíaca de emergência em um hospital diferente. Assim que eu pensei numa maneira de ir para ambos, o telefone tocou novamente. Era mais um membro da igreja, cuja filha de 20 anos de idade tinha morrido por sua própria mão durante a noite! O que eu faria naquela hora? Eu fiz o que eu pensei que eu devia fazer. Eu corri o máximo que pude nos vários dias seguintes tentando ministrar a todos eles. No processo, eu falhei com todos eles. Eu não falhei apenas com aquelas famílias. Eu estava tão ocupado tentando prestar atendimento pastoral a todos que, quando chegou domingo de manhã, eu não estava suficientemente preparado para pregar uma mensagem de vida. Não vamos nem falar sobre o nível em que eu estava falhando com meu casamento ou com meus filhos. Não vamos nem mencionar o profundo nível de esgotamento que eu estava atingindo pessoalmente. O sétimo ano foi um ano difícil.

A solução veio na forma do nosso sistema celular; distribuir a bênção pastoral para pessoas capazes, chamadas de líderes de células. Contudo, a solução não poderia ser aplicada até eu morrer para mim mesmo e parar de acumular as bênçãos do ministério para mim!

O “preço das pessoas” por tentar fazer tudo sozinho é incrivelmente alto. Eu imploro para que você não o pague, nem peça para as pessoas ao seu redor pagá-lo também. Esse não é o único preço. Na parte 2 deste artigo, vamos ver o preço em termos de colheita.

Jim

Autor: Pr Andre LDA

Bacharel em Teologia pela Faculdade Evangélica do Brasil - ISBL, estudou também na Faculdade Teológica Sul Americana, convalidando o curso na Unicesumar. Especialista em docência no ensino superior pela Unicesumar e Liderança, Plantação e Revitalização de Igrejas pelo Seminário Teológico Asbury. Atualmente é graduando em licenciatura em história pela Unicesumar. Tenho uma grande e honrosa missão, Ganhar, Cuidar e Encorajar as pessoas a terem um relacionamento com Jesus, é nisso que gasto minha vida, eu e toda minha família estamos envolvidos nesta nobre tarefa. Soli Deo Gloria

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: