Cristianismo na Comunidade

Cristianismo na Comunidade

por Mario Vega, www.elim.org.sv

Jesus esperava que seu evangelho fosse vivido num ambiente de grupo. O próprio Jesus estabeleceu o primeiro exemplo ao criar uma comunidade com os seus discípulos; eles conviveram com ele 24 horas por dia e compartilhavam tudo.

Mais tarde, quando Jesus ascendeu, a Igreja continuou a prática da vida da comunidade e eles permaneceram juntos no cenáculo. Quando a igreja cresceu eles começaram a se reunir nas casas todos os dias. Eles comiam juntos, cantavam juntos, celebravam a Ceia do Senhor juntos, e recordavam as palavras e os ensinamentos de Jesus juntos. Não era uma reunião uma vez por semana, mas uma convivência diária, conforme eles celebravam a Ceia do Senhor juntos.

As ilustrações usadas no Novo Testamento para descrever a Igreja são todas no coletivo. O rebanho sempre consiste em várias ovelhas. O corpo é composto de muitos membros. O edifício tem muitas pedras. Os ministros do Evangelho formam uma equipe. Os dons do Espírito formam um buquê que adorna a Igreja e deve ser exercido em conjunto para a edificação dos outros. A Igreja partilhava as suas posses e todos tinham tudo em comum.

A ideia de um cristianismo individualista não tem nada a ver com as Escrituras. Pelo contrário, nós somos encorajados a amar uns aos outros, para edificar uns aos outros, para exortar uns aos outros, e confessar os nossos pecados uns aos outros. E há uma longa lista de “uns aos outros” que devem ser praticados juntos. Enfatizar que Jesus é o salvador “pessoal” de todas as pessoas não implica que o resto da vida cristã é “pessoal”, “individual”, e deve ser praticada sozinho. Não pode haver verdadeiro cristianismo se não for vivido em comunidade e serviço. Esses elementos devem ser vitais para cada seguidor de Jesus.

Mario

Autor: Pr Andre LDA

Bacharel em Teologia pela Faculdade Evangélica do Brasil - ISBL, estudou também na Faculdade Teológica Sul Americana, convalidando o curso na Unicesumar. Especialista em docência no ensino superior pela Unicesumar e Liderança, Plantação e Revitalização de Igrejas pelo Seminário Teológico Asbury. Atualmente é graduando em licenciatura em história pela Unicesumar. Tenho uma grande e honrosa missão, Ganhar, Cuidar e Encorajar as pessoas a terem um relacionamento com Jesus, é nisso que gasto minha vida, eu e toda minha família estamos envolvidos nesta nobre tarefa. Soli Deo Gloria

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: