Um Líder e Sua Família

Um Líder e Sua Família

Por Daphne Kirk

Um líder lidera sua família e sua igreja/célula.

Um líder tem seguidores em sua família e em sua igreja/célula.

Seguidores o observam em sua família e em sua igreja/célula.

Seguidores o imitam em sua família e em sua igreja/célula.

Seguidores são influenciados por ele em sua família e em sua igreja/célula.

Boas notícias – sim! Infelizmente um elemento que falta para os líderes é liderança na família e a influência resultante de sua liderança em seus seguidores.

Eu sou sempre impactada pelo fato de que Paulo afirma claramente que as qualificações da liderança começam em casa e são refletidas na igreja. Como refletido nas palavras de Paulo a Timóteo, é preciso tempo e compromisso. Um líder deve ser “irrepreensível, fiel à sua mulher, sóbrio, prudente, respeitável, hospitaleiro e apto para ensinar; não deve ser apegado ao vinho, nem violento, mas sim amável, pacífico e não apegado ao dinheiro. Ele deve governar bem sua própria família, tendo os filhos sujeitos a ele, com toda a dignidade. Pois, se alguém não sabe governar sua própria família, como poderá cuidar da igreja de Deus?” 1 Timóteo 3.

Enquanto essas características são importantes porque nós nos replicamos no discipulado, elas são importantes para os membros da família que são a nossa principal preocupação; elas são importantes no relacionamento conjugal como um reflexo do relacionamento com Deus e com a Igreja, e importantes para a saúde e santidade do líder. Muito tem sido, poderia ser e será escrito sobre este assunto, mas conforme eu viajo para as nações vejo que infelizmente esse parece ser um foco na liderança muitas vezes esquecido, sejam líderes de células, pastores ou mesmo anciãos.

Um líder saudável e feliz terá um cônjuge saudável e feliz; um casamento saudável e feliz terá crianças saudáveis e felizes. Uma família de liderança saudável e feliz fornece o coração da célula/igreja.

“Pois, que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua família? ”

O tempo, esforço e prioridades que vivemos refletem nosso compromisso e paixões. Certamente não pode haver maior prioridade do que os relacionamentos dentro das nossas próprias famílias. Quando eu era uma treinadora celular, meu foco principal com os líderes eram suas famílias e relacionamentos. Quando eu tinha tempo com os líderes, a primeira conversa era em relação à suas famílias. Eu me encontrava regularmente com os cônjuges e com os filhos, e os deixava saber que eles eram importantes para mim. Quando eram dadas ideias sobre as atividades propostas e etc., a primeira pergunta era: “Como a sua família vai estar envolvida, você já falou e orou com eles sobre isso, como isso irá afetá-los, o que eles (incluindo as crianças) pensam sobre isso?”

Quando os treinadores não perguntam, quando os pastores não se concentram, não é de estranhar que esta não seja uma prioridade dada. Alguns trabalhadores da igreja trabalham tanto por horas insociáveis que me pergunto quantas vezes eles estão em casa para o jantar e para colocar os seus filhos na cama. Às vezes, isso é mandatado como seu trabalho.

Se a família é a prioridade, isso deve ser refletido como a cultura do Pastor, de sua equipe, de seus líderes de célula e pelas células. O que é vivido fala mais alto do que o que é falado.

A família foi ideia de Deus, Sua primeira comunidade e nossa célula primária.

A família é tanto o nosso lugar de descanso como a nossa alegria.

Daphne

Autor: Pr Andre LDA

Bacharel em Teologia pela Faculdade Evangélica do Brasil - ISBL, estudou também na Faculdade Teológica Sul Americana, convalidando o curso na Unicesumar. Especialista em docência no ensino superior pela Unicesumar e Liderança, Plantação e Revitalização de Igrejas pelo Seminário Teológico Asbury. Atualmente é graduando em licenciatura em história pela Unicesumar. Tenho uma grande e honrosa missão, Ganhar, Cuidar e Encorajar as pessoas a terem um relacionamento com Jesus, é nisso que gasto minha vida, eu e toda minha família estamos envolvidos nesta nobre tarefa. Soli Deo Gloria

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: