Definindo uma Célula, Parte 2

Definindo uma Célula, Parte 2

por Freddy Noble, www.iglesiabautistanyc.org

Há alguns anos, enquanto eu conversava com um amigo pastor sobre células, ele me contou sobre todas as células que ele tinha em sua igreja. Mais tarde ele me convidou para falar na sua igreja, e eu perguntei-lhe se eu poderia visitar um ou mais dos seus grupos celulares. O pastor então me levou a várias salas de aula em sua igreja e me mostrou os grupos de crianças e adultos que estavam estudando a Palavra de Deus. Estes eram os “grupos celulares” que este pastor tinha falado.

Apesar de como algumas igrejas podem definir seus “grupos celulares”, eu acho que é importante que os grupos se reúnam fora do prédio da igreja. Se reunir fora do prédio da igreja é a norma na grande maioria das igrejas em células em todo o mundo. Essas mesmas igrejas em células em todo o mundo têm pequenos grupos dentro da igreja, mas eles não são chamados de células. Eles podem ser grupos de reuniões para equipar, adoração, ou de servos. Mas eles não são chamados de células.

A beleza de um grupo de células é que se ele reúne fora do prédio da igreja para alcançar as pessoas onde elas vivem e trabalham. Em um mundo cada vez mais complexo, onde a distância até o prédio da igreja está crescendo, reuniões de grupos nas casas podem alcançar as pessoas onde elas moram. Afinal de contas, a maior parte da vida não acontece fora do prédio da igreja?

Também é importante definir a finalidade da célula. A célula não é apenas um círculo de oração, embora a oração seja uma parte importante. Não é apenas um estudo bíblico, embora compartilhar a Palavra de Deus seja essencial. Não é apenas uma “reunião social”, apesar de a comunidade ser muito importante. A célula inclui todas essas funções, mas não se concentra em apenas uma delas.

O seu objetivo é criar um espaço onde as pessoas podem ser construídas, onde a verdadeira comunidade tem lugar, e onde não-crentes podem ser apresentados ao Salvador. A célula é a igreja e deve expressar a própria vida da Igreja de Cristo. Através do ministério de células, Cristo cumpre o seu propósito.

Além disso, existe o aspecto de multiplicação. A razão para a multiplicação é permitir mais oportunidades para o ministério e envolver as pessoas de uma forma cada vez maior. A multiplicação também ajuda a célula a permanecer pequena e íntima, e adicionando constantemente novas pessoas que não conhecem Jesus para esse meio.

Definir claramente o que uma célula é nos ajudará a entender melhor quem somos, para onde vamos, e o que estamos tentando realizar. Não dilua a definição de uma célula.

Comentários?

Freddy

Autor: Pr Andre LDA

Bacharel em Teologia pela Faculdade Evangélica do Brasil - ISBL, estudou também na Faculdade Teológica Sul Americana, convalidando o curso na Unicesumar. Especialista em docência no ensino superior pela Unicesumar e Liderança, Plantação e Revitalização de Igrejas pelo Seminário Teológico Asbury. Atualmente é graduando em licenciatura em história pela Unicesumar. Tenho uma grande e honrosa missão, Ganhar, Cuidar e Encorajar as pessoas a terem um relacionamento com Jesus, é nisso que gasto minha vida, eu e toda minha família estamos envolvidos nesta nobre tarefa. Soli Deo Gloria

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: