Ocupação e Ministério Celular

Ocupação e Ministério Celular

Por Joel Comiskey

Um amigo meu, que é também um líder no movimento de igreja em células, me pediu em várias ocasiões para levantar a questão sobre a ocupação e o ministério celular no blog JCG. Ele escreveu: “Em nossa sociedade muitas pessoas são ocupadas, chegam tarde em casa, e depois dizem que não têm tempo para se envolver em uma célula. Talvez existam pessoas que possam ajudar com isso”. Eu escrevi de volta dizendo:

Eu reconheço que este é um problema, mas eu não tenho certeza de que exista uma solução. Uma frase que me vem à mente é: Nós não conseguimos mais qualidade pedindo por menos qualidade. Em outras palavras, muitas igrejas tentam resolver o problema de ocupação reduzindo a freqüência de suas reuniões celulares ou chamando tudo de célula (por exemplo: escola dominical, treinamentos, e assim por diante). Para mim, a chave é reduzir o tempo de compromissos da igreja, mantendo o foco nos elementos-chave do ministério celular:

  1. Célula
  2. Celebração (Reunião maior)
  3. Treinamento
  4. Equipamento

Além destes, não devemos exigir que as pessoas se envolvam em ministérios adicionais (somente aquelas que têm tempo), mas todos devem estar envolvidos nos quatro citados acima. 

Esta foi a minha resposta para o meu amigo pastor, mas ele também queria saber o que os blogueiros do JCG tinham a dizer sobre este assunto, por isso vamos tratar desse tema em abril.

A realidade é que todos nós temos a mesma quantidade exata de tempo. Sem mais nem menos. Mas eu me pergunto se o nosso problema é a falta de tempo ou as prioridades equivocadas. Por exemplo, os norte-americanos assistem uma média de quatro horas de TV por dia. Assistir TV é uma prioridade para pessoas norte-americanos ocupadas, e elasarranjam tempo para assistí-la.

Agora, eu reconheço que as pessoas que vivem no mundo ocidental têm mais distrações do que aquelas que vivem em países em desenvolvimento. Um pastor de igreja em células que está ministrando pessoas que vivem no rio Amazonas no norte do Brasil me disse que, se ele não tivesse uma atividade todas as noites para o seu povo, eles iriam procurar outra igreja. Evidentemente, o contrário é verdadeiro em culturas mais materialistas em todo o mundo.

Então qual é a resposta? Acho que precisamos motivar o nosso povo para priorizar o ministério de células, porque isso é bíblico. Conforme ajudamos os outros a reconhecerem que o ministério da igreja em células é a estratégia que Jesus Cristo estabeleceu e que igreja primitiva seguia, eles eventualmente vão alinhar suas ações com convicções ou valores bíblicos.

Ao mesmo tempo, os pastores devem resistir pegar novos programas e ministérios que batem na porta da igreja. Os melhores pastores de igrejas em células aprenderam a dizer NÃO ao “bom”, a fim de concentrar-se no “melhor”.

E eu também exorto pastores e líderes a não diminuírem a qualidade da célula a fim de poupar tempo (este tem sido um grande problema na igreja norte-americana). Como a célula é a igreja, nós não devemos perder a sua qualidade. Definições “aguadas” acabam sugando a vida e o significado do ministério da igreja em células.

Durante o mês de abril, estaremos explorando a ocupação e o ministério celular. Vários pastores e líderes irão compartilhar as suas convicções e experiências nesta área.

  • Semana 1 (05 a 11 de Abril). As prioridades principais. Nós só temos 24 horas por dia. Por esta razão, uma igreja em células deve se concentrar na célula, celebração, treinamento e equipamento. É por isso que as igrejas em células não promovem programas. Elas percebem que as pessoas só têm esse tanto de tempo no dia.
  • Semana 2 (12 a 18 de Abril). O pastor principal e a equipe pastoral são fundamentais para manter a igreja focada nos aspectos essenciais da igreja em células (célula, culto de celebração, equipamento, treinamento). O pastor principal deve dizer NÃO a todos os outros programas que lotam os horários das pessoas e confundem suas prioridades. 
  • Semana 3 (18 a 25 de Abril). Erros na tentativa de economizar tempo. Esses erros incluem chamar tudo de “célula”, permitir que a célula se reúna com pouca frequência, ter muitos ministérios extras.
  • Semana 4 (26 de Abril a 02 de Maio). Incutir a visão bíblica para o ministério celular. Para que as pessoas possam dar o seu tempo para a visão celular, elas devem entender o porquê do ministério celular. Elas devem acreditar que isso é bíblico e não apenas uma técnica entre muitas outras. Temos de falar sobre recompensas celestiais para as pessoas servindo a Jesus por meio do ministério de células.

 Como você tratou da questão da ocupação e do ministério celular? Compartilhe o que você aprendeu.

Joel Comiskey

Autor: Pr Andre LDA

Bacharel em Teologia pela Faculdade Evangélica do Brasil - ISBL, estudou também na Faculdade Teológica Sul Americana, convalidando o curso na Unicesumar. Especialista em docência no ensino superior pela Unicesumar e Liderança, Plantação e Revitalização de Igrejas pelo Seminário Teológico Asbury. Atualmente é graduando em licenciatura em história pela Unicesumar. Tenho uma grande e honrosa missão, Ganhar, Cuidar e Encorajar as pessoas a terem um relacionamento com Jesus, é nisso que gasto minha vida, eu e toda minha família estamos envolvidos nesta nobre tarefa. Soli Deo Gloria

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: